17
abr

Aposentados podem economizar 50% em remédios

Projeto que pode fazer aposentado pagar menos 50% do valor está a caminho de votação no Senado. O desconto será custeado pelo programa ‘Farmácia Popular’, que tem descontos de quase 100% em alguns medicamentos. A ideia pretende auxiliar a vida financeira dos idosos.

A autoria é do senador Paulo Paim (PT-RS).

A proposta que amplia o programa Farmácia Popular interfere diretamente no financeiro dos idosos. Afinal, os gastos com remédios são quase a metade do orçamento.

De acordo com a ‘Gazeta’ online, os idosos e/ou os aposentados gastam muito dinheiro com medicamentos caros e planos de saúde. Além de exames e consultas, que aumentam de proporção com a idade.

Na pesquisa, um casal de idosos ganha R$4.931,69, e gastam R$2.820 apenas com plano de saúde, além de remédio e consultas à parte. Ou seja, mais da metade da renda é gasta com a saúde.

O benefício de 50% de desconto está previsto no Projeto de Lei do Senado (PSL) 235/2018, que já foi aprovado pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS).

A proposta não irá alterar as outras ações da Farmácia Popular. Isto é, o fornecimento gratuito e o financiamento na compra de medicamento por pessoas deficientes continuarão atuando.

No momento, o projeto segue para votação na Câmara dos Deputados.

Dra. Cecília Macedo

OAB/RJ 223.161I