07
maio

Restituições do Imposto de Renda de 2019

No fim do mês passado, terminou o prazo de realizar o Imposto de Renda de 2019. A partir dessa semana, as restituições começam a ser pagas.

A restituição do Imposto de Renda é a devolução da verba que o contribuinte pagou a mais para realização do mesmo.

Para quem prestas contas sem erro, a devolução deve sai o quanto antes.

A prioridade é dos idosos, pessoas com deficiência ou doença grave e contribuintes com o magistério sendo a maior fonte de renda.

Professores também são prioridades. Para obter o benefício, o profissional deve marcar como fonte de renda o ensino.

As restituições devem começar a ser pagas em junho, para quem está com tudo certo. Do contrário, o cidadão deve ter inconsistências na declaração do Imposto de Renda, procedimento chamado de malha fina.

Vale lembrar que, mesmo que o prioritário caia na malha fina, quando suas pendências forem resolvidas, volta a liderar o lote de prioridade.

O pagamento pode ser feito entre junho e dezembro, anualmente.

Para saber quando a restituição acontecerá, siga esses passos:

– Digite seu CPF;

– Informe o ano da declaração do Imposto de Renda;

– Digite sua data de nascimento e consulte.

Dra. Cecília Macedo

OAB/RJ 223.161I